Participe+

Voltar

Criação do Passeio do Uberabinha - parque linear situado em Moema

admin admin  •  10/07/2020  •  Vila Mariana  •  Código da proposta: 352

Criação do “Passeio do Uberabinha”, um parque linear/caminho verde no Distrito Moema, ao longo do trajeto do córrego Uberabinha, exclusivo para pedestres, ciclistas e outros modais de transporte ativo, ligando a Av. Helio Pelegrino à Av. Ibirapuera, passando por vielas atualmente degradadas e faixas não edificantes subutilizadas, com uma extensão total aproximada de 1,1 km. Esta sugestão já foi apresentada como contribuição para os Planos de Ação das Subprefeituras em Fevereiro/20, cuja devolutiva está ainda pendente, estando alinhada aos objetivos e diretrizes definidos nos referidos Planos de Ação para aquele perímetro, mas que não serão postas em execução no presente ano. Adicionalmente, a mesma sugestão foi também apresentada, em 2019, por ocasião da consulta pública para a LOA 2020, em ofício elaborado pelo Conselho Participativo da Vila Mariana, contendo estudo com as principais demandas da região. O “Passeio do Uberabinha” pode resolver ou mitigar diversos problemas daquela localidade, tais como a requalificação de espaços públicos, melhora na circulação de pedestres e ciclistas, promoção do convívio social e valorização de passeios públicos como áreas de uso comum, recuperação e conservação ambiental de cursos d’água, manejo de águas pluviais e combate a enchentes. Mais detalhes desta sugestão, com fotos e mapa, estão na contibuição enviada ao Plano de Ação da Subprefeitura da Vila Mariana, cuja versão em formato PDF que pode ser baixada no seguinte link: https://www.dropbox.com/s/lx1tezhxuv3eh8g/Ficha_de_Contribuicoes_Planos_de_Acao_das_Subprefeituras_2020_Passeio_do_Uberabinha.pdf?dl=0


Você precisa acessar sua conta ou se registrar para fazer um comentário
  • FÁBIO THEREZO GALLIANO

    Fico triste por não ter chegado a este tópico antes, mas ainda assim vale a colocação. Lendo os comentários de todos aqui, ficou nítido que a preocupação dos contrários ao parque se resume à segurança pública e zeladoria da área cuja criação foi proposta. Entendo que tais preocupações, perfeitamente adequadas e corretas, precisariam ser debatidas no sentido de criar mecanismos de solução e proteção para a nova área, melhorando o bem estar no bairro e contribuindo para melhora da segurança e embelezamento da área já que o descuido do poder público é uma das principais queixas de quem foi contrário.
    Espero que esses assuntos possam passar por debates mais esclarecedores no futuro para que possamos viver em um bairro cada vez mais agradável e seguro.
    Fábio Therezo Galliano

    Nenhuma resposta
    • DTabach

      As pessoas que vieram aqui para dizer que são contra a proposta de revitalização de área degradada, por julgar que o poder público não é capaz de fazer isso, são a favor de que para a área? De mantê-la como está, isto é, degradada? De privatizar o espaço público, transformando-o em particular, para compensar a suposta incapacidade da prefeitura? Fora essas duas hipóteses, arrisco dizer que na verdade elas não são contra a proposta, apenas não a compreenderam. Até porque as questões levantadas nas outras propostas mais votadas desta subprefeitura — requalificação de calçadas e outras vias, obras de combate a enchentes, conservação de áreas verdes, acalmamento de tráfego —estão todas contempladas na proposta do passeio do Uberabinha.

      Nenhuma resposta
      • CHARLES GROISMAN

        Este assunto das enchentes devido o Riacho Uberabinha foi soterrado e canalizado nao preservando as varzeas e o solo impermeavel no processo de urbanizacao. O moviimento mundial eh integracao dos rios invisiveis soterrados ( nao eh esgoto) a paisagem urbana. A proposta de um Parque Linear com jardins de chuva aproveitamento da agua para reuso com a despoluicao do corrego. A integracao da natureza, os rios revitalizados, nao sendo tratados como uma vala de esgoto ao ceu aberto, valoriazaria o emprendimento e patrimonio imobiliario e nao o contrario. Pessoas ao assumirem o papel como cidadao no exercicio de sua cidadania e politica nao necessariamente institucional sao ferramentas de transformacao e o fazer da nossa cidade 🌃 um espaço para pessoas e comunidade de entorno. As pessoas chegaram antes dos carros como os Rios que formaram as cidades pela proxidade com os cursos de agua e seu acesso tambem. SP sao mais de 500 rios e cursos de agua soterrados.

        Nenhuma resposta
        • Vanessa Guarino

          Sou contra o projeto!
          Entendo que Moema tem outras necessidades de infraestrutura básica, como saneamento básico (enchentes) e pavimentação das vias. Resido ao lado de uma das vielas (entre Rua Pintassilgo e Av. Hélio Pelegrino), e constato diariamente a falta de conservação e uma constante utilização dessa área para tráfico e consumo de drogas.

          Nenhuma resposta
          • Sergio Murilo de Carvalho

            Sou contra esse projeto, o poder público não consegue manter nem as vielas existentes, as vias públicas cada dia mais degradadas, buracos em toda a região, a falta de conservação é evidente e sistêmica. Evidenciamos um crescente aumento da falta de segurança na região, as vielas, só servem para acampamento dos moradores de rua, tráfico e consumo de drogas, descarte de entulhos e lixo, fezes de cães e humanos, quase sempre pisoteadas pelos moradores da região, tudo registrado nas fotos, reclamações e ações policiais, mas sem qualquer perspectiva de solução. O perigo aumenta durante a noite pela falta da iluminação pública e conservação, infelizmente, os roubos e furtos já fazem parte da rotina diária.

            Nenhuma resposta
            • CHARLES GROISMAN

              Projeto da proposta muito bem elaborado.

              Nenhuma resposta
              • FCastro

                Os prédios por onde esta viela passa cercaram e privatizaram um espaço público, que poderia estar trazendo benefícios para o bairro e para a cidade, e os moradores desses prédios se mobilizaram para atacar a ideia.
                A proposta visa, entre outros objetivos, reverter a degradação da aérea de que eles reclamam, mas, na compreensão limitada e mesquinha de certos moradores do bairro, os bens públicos estão melhores nas mãos privadas, isto é, nas suas próprias mãos.
                Vote contra esta proposta se você é a favor de que os ricaços de Moema continuem fazendo uso particular de uma viela pública para estacionar seus carros e fazer churrasco com os amigos.

                Nenhuma resposta
                • Marcia Rocha Monteiro

                  A idéia parece interessante, mas não sou favorável devido ao risco de degradação pelo mau uso e descuido do poder público que ameaçariam nossa segurança.

                  Nenhuma resposta
                  • ANGELA ELISA ELISA PEPINO

                    Sou totalmente contra esse projeto. Moro na região há mais de 30 anos e esse espaço não tem controle do Estado. É comumente usado por traficante de drogas que se aproveitam da escola ali próxima e de adultos da região, passeadores de cães que não recolhem os dejetos e ja tivemos pro diversas vezes moradores de rua acampando e cozinhando no local. É um trecho bem perigoso, principalmente no cair da noite. Ideia maravilhosa mas ainda falta muita maturidade do administradores públicos para esse projeto.

                    Nenhuma resposta
                    • Milton Takayanagi

                      sou contra o projeto e morador vizinho ao rio Uberabinha. Percebo que os trechos mantidos pelo poder público são muito mal conservados. A idéia de tornar "Viela Sanitária", dentro da legislação, como já acontece em um trecho, e deixar cada vizinho cuidar da área, creio ser a melhor alternativa, pois terão o maior interesse em manter em bom estado de conservação. E sem custos para a prefeitura.

                      Nenhuma resposta
                      Secretarias ainda não enviaram um parecer sobre a proposta
                      Não há etapas definidas