Javascript não suportado Ampliação do Programa Atende e outras ações de mobilidade,em especial aos idosos

Participe+

Início
Voltar

Ampliação do Programa Atende e outras ações de mobilidade,em especial aos idosos

admin admin  •  10/07/2020  •  Ermelino Matarazzo  •  Código da proposta: 49

TRANSPORTE E MOBILIDADE URBANA. 1 – Elaborar Projeto para construir nova linha do Metro, de forma que saia do centro e chegue ate o Itaim Paulista, passando por Cangaiba, Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, São Miguel Paulista e Itaim Paulista| 2 - Fazer gestão para ampliação de atendimento do Programa Atende para a população idosa com dificuldade de locomoção, independente da sua renda| 3 - Fazer gestão para promover melhorias de acessibilidade em todas as faixas de pedestres, pintando-as com tinta padrão CET para que não se apague rapidamente nas Subprefeituras de Ermelino Matarazzo, Cangaiba e Itaquera e demais Subprefeituras Regionais da Região Leste| 4 - Fazer gestão para garantir e fazer constar do contrato de prestação de serviço com as Empresas de Ônibus cursos de Educação e a Gentileza na forma de atendimentos na prestação de serviço dos motoristas, cobradores e demais funcionário, de respeito à População Idosa e demais usuários, exigindo a manutenção de Programas de Bom Atendimento com objetivo de atender as exigências do Programa ISO 9000| 5 - Na periferia os micros ônibus circulares que fazem a ligação bairro, metro ou terminal de ônibus ou vice versa são pequenos e só andam lotados, com corredores estreitos de difícil circulação contribuindo com o assedio as mulheres, dai a necessidade de disponibilizar mais ônibus e sair do ponto inicial somente com pessoas sentadas| 6 - Fazer gestão para instalarem na Sub-Prefeitura de Ermelino Matarazzo e Ponte Rasa o Posto de Atendimento da São Paulo Descomplica, pois a mesma encontra-se em local de fácil acesso e com linhas de ônibus na porta. Vale lembrar que no local foi instalado um elevador para facilitar o acesso da população idosa aos pavimentos superiores do edifício| 7 - Fazer gestão para “SINCRONIZAR” na região leste da cidade de São Paulo os faróis de pedestre com os faróis de veículos de forma que: fechou o farol de veiculo fecha também o farol de pedestre para atender as necessidades da nossa população idosa e pessoas com deficiência| Hoje as maiorias das pessoas não conseguem completar a travessia e aguardam no canteiro central o próximo fechamento do farol| 8 - Instalar sinalizadores que proporcione o acesso seguro e autônomo das pessoas idosas e com dificuldade de locomoção, sem que haja a necessidade de apertar o botão e verificar se o farol fechou nos locais de grande circulação de pessoas, crianças, deficientes e idosos| 9 – Colocar de maneira visível nos mesmos postes de metal que estão fixados os faróis, nos acessos a entrada e saída de ruas e avenidas a PLACA – “NA CONVERSÃO A PRIORIDADE É DO PEDESTRE”, pois ainda existem motoristas que não conhecem e não respeitam os pedestre nessa situação de travessia| 10 – Fazer com o CET – Companhia de Engenharia de Transito na Região Leste da cidade de São Paulo, circule também nas Ruas e Avenidas no interior dos bairros por onde circulam ônibus coletivos, para orientar os motoristas que são proibidos estacionarem sobre as calçadas, em frente a pontos de ônibus, sobre as faixas de pedestre, em filas duplas, etc| 11 - Fazer gestão para reativar os estacionamentos de veículos junto às estações do Metro da Penha e do Metro Carrão da Linha Vermelha, e terminais de ônibus com preços acessíveis a nossa população| 12- Na Estação Guilhermina Esperança da linha Vermelha do Metro colocar coberturas em toda extensão do terminal, para que os usuários consumidores dos serviços fiquem devidamente protegidos e acomodados, principalmente a população idosa. Vale lembrar que nas Estações Vila Matilde e Patriarca os terminais de ônibus são totalmente cobertos. Por que tanta desigualdade?| 13 – Na Estação Guilhermina Esperança da linha Vermelha do Metro construírem faixas elevadas de pedestre e pintar com tinta padrão CET, sendo uma no final da rampa do Metro e a outra no junto ao ponto inicial de ônibus existente na Praça Josefina da Conceição Araújo com acesso a Rua Nilza na Prefeitura Distrital da Penha, vale destacar que nesse terminal circulam na área veículos de passeio que não respeitam os usuários e os coletivos| 14 - Proporcionar o acesso aos sistemas de transporte seguros, acessíveis, sustentáveis e a preço acessível para todos, melhorando a segurança rodoviária e ferroviária por meio da expansão dos transportes públicos, com especial atenção para as necessidades das pessoas em situação de vulnerabilidade, idosos, mulheres, crianças e pessoas com deficiência| 15- Instituir a tarifa “ZERO” para os estudantes das escolas particulares e publicas do ensino básico e médio, em todos os modais de transporte, inclusive para o acompanhante, sendo que as maiorias dos alunos ainda não trabalham e não tem escola próxima da sua residência e os que estudam em escolas particular estão cedendo o espaço para outro usuário| 16 – Garantir acessibilidade as informações para que as mesmas sejam fornecidas de forma clara e objetiva, para que as pessoas com capacidade funcional reduzida ou com baixo grau de escolaridade não sejam excluídas| 17 - Elevar as calçadas onde há ponto de ônibus para facilitar o embarque e desembarque de pessoas idosas ou com deficiência, ou então, demarcar o espaço para que ninguém estacione e o ônibus possa encostar junto a guia. Que todas as nossas Propostas sejam aceitas e aperfeiçoadas, e para sua implantação e execução sejam estipulados verbas no orçamento.

Você precisa acessar sua conta ou se registrar para fazer um comentário
    Secretarias ainda não enviaram um parecer sobre a proposta
    Não há etapas definidas
    Voltar para o Início