Participe+

Propostas para a Subprefeitura Sapopemba

População: 289.284
Área: 13,5 km²
Mais informações da Subprefeitura
Mais informações da Subprefeitura

A Subprefeitura Sapopemba apresenta uma densidade de 0,021 habitantes por m². São 92.078 domicílios em seu território, sendo que 19,85% deles estão localizados em favelas (2017). Para cada pessoa em idade ativa, há 0,09 empregos formais nesta Subprefeitura (2016). Você pode acessar mais informações sobre esta Subprefeitura e seus distritos acessando seus Planos Regionais, aqui e aqui.

*Dados disponíveis em ObservaSampa

2281

02/05/2021  •  André Manoel  •  Sapopemba

Implantação de um pátio de compostagem na região de Sapopemba referente a meta 67 estabelecer a cadeia de gestão de resíduos orgânicos de feiras de SAPOPEMBA solicitamos a implantação do pátio de compostagem em Sapopemba.

Com o objetivo de coletar materiais orgânicos de feiras livres e podas de árvores de Sapopemba assim reduzindo o número de resíduos encaminhados para o aterro sanitário.

2311

02/05/2021  •  Susana Inês Basualdo  •  Sapopemba

Ampliar o desenvolvimento de ações individuais e coletivas de promoção da alimentação adequada e saudável nas unidades básicas de saúde, em articulação com unidades de educação, núcleos de convivência de idosos, de população em situação de rua, de crianças e adolescentes

Promover campanhas educativas nas escolas municipais, rádios locais e comunidades, conscientizando as pessoas sobre impactos de uso de agrotóxicos e transgênicos na saúde.

580

20/04/2021  •  Prof. Carlos Loiola  •  Sapopemba

Sisteminha Embrapa para produção de alimentos. É apropriada para pequenos espaços (a partir de 100 m2), em áreas urbanas e rurais; e é uma solução dimensionada para atender às necessidades nutricionais de uma família de quatro pessoas, no atendimento às recomendações nutricionais da Organização Mundial da Saúde (OMS). A tecnologia é fundamentada em quatro princípios: 1) miniaturização, 2) replicabilidade, 3) escalonamento da produção, 4) segurança alimentar e nutricional. O módulo básico é a piscicultura e cada produtor adota os módulos disponíveis de acordo com seus interesses.O Sisteminha possui atualmente 15 módulos,  O Sisteminha não é uma tecnologia isolada em si, mas um “pacote” de soluções tecnológicas integradas, com muitas possibilidades de combinações.

1448

28/04/2021  •  milber pereira pardim  •  Sapopemba

TRANSFORMAÇAO DO CAMPO DE FUTEBOL JD. SINHA EM UM CDC ( CLUBE DA COMUNIDADE)

Localizado na rua Henry Fuseli, que é via entre o Jd. Grimaldi e a Estrada da Barreira Grande. 

Principal ponto de referência para visitantes da comunidade, o espaço utilizado hoje para receber partidas de futebol aos fins de semana é uma das únicas áreas de lazer para crianças, adolecentes e jovens.

O campo é um espaço comunitario de encontro das manifestacões Esportivas, Culturais, Religiosas e Sociais do Jd. Sinhá.

434

19/04/2021  •  Shelly Lira  •  Sapopemba

TRANSFORMAÇAO DO CAMPO DE FUTEBOL JD. SINHA EM UM CDC ( CLUBE DA COMUNIDADE)

Localizado na rua Henry Fuseli, que é via entre o Jd. Grimaldi e a Estrada da Barreira Grande. 

Principal ponto de referência para visitantes da comunidade, o espaço utilizado hoje para receber partidas de futebol aos fins de semana é uma das únicas áreas de lazer para crianças, adolecentes e jovens.

O campo é um espaço comunitario de encontro das manifestacões Esportivas, Culturais, Religiosas e Sociais do Jd. Sinhá.

1153

26/04/2021  •  Norma Rodrigues Santos  •  Sapopemba

Destinar Recursos para Contrato de Manutenção/Reparos/Instalação de Placas para Denominação de Ruas,Avs.Praças... ( incluindo Nome da Via, CEP e, início e final de Quadra Fiscal) Instalar Placas  de Nomes , com o nome inicial da via a ser colocada no poste do Semáforo identificando a Via Transversal ( como já é feito hoje ).  

2275

02/05/2021  •  Susana Inês Basualdo  •  Sapopemba

Criação de centrais de armazenamento e escoamento da produção de agricultores familiares e das hortas comunitárias do território.

Apoiar a regularização dos empreendimentos e serviços na área de alimentação e agricultura na subprefeitura

 

241

15/04/2021  •  Prof. Carlos Loiola  •  Sapopemba

A necessidade de isolamento social, impediu as pessoas de trabalhar e garantir o próprio sustento, no entanto, os entregadores, deliverys que usam BICICLETA ou MOTO não possuem nenhum tipo de proteção social e muito menos um salário digno, além de estarem extremamente expostos E TODOS NÓS, cidadãos, que fazemos a economia girar, DEPENDEMOS DELES NESTE MOMENTO, portanto, com a criação nesta quarta-feira (14/04/2021), do Comitê Emergencial de Crise do Emprego e da Renda, fiz esta proposta para TODAS AS 32 SUBPREFEITURAS e peço a maxima atenção áqueles que perderam o emprego, ou não conseguem uma requalificação profissional e os cursos de atualização demandam tempo, e tornaram-se entregadores. Sendo assim peço que se lembrem de quem faz suas entregas. A situação não seria tão dramática para os pobres E A ECONOMIA se a renda básica de cidadania ou pelo menos algum programa social robusto estivesse em execução.

860

22/04/2021  •  Zandra  •  Sapopemba

Isolamento sem Fome em tempo de pandemia

Ao mesmo tempo que a doença se espalha, também aumenta a quantidade de famílias abandonadas à própria sorte, por causa da redução do auxílio emergencial, o desemprego alto, a falta de opções de renda e o aumento da inflação dos alimentos e de outros itens essenciais na casa dos brasileiros, como o gas de cozinha.

Confinados em casa, sem renda, muitas famílias já estão passando fome. 

União Brasileira de Mulheres-UBM

2320

02/05/2021  •  Susana Inês Basualdo  •  Sapopemba

Instituir planos de contingência e estratégias de assistência alimentar em períodos de calamidade e situações extremas, COMO A QUE ESTAMOS VIVENDO ATUALMENTE, para populações vulneráveis como indígenas (aldeados ou urbanos), população em situação de rua (incluindo crianças e adolescentes) ou vivendo em moradias inadequadas, ambulantes, catadores de materiais recicláveis, populações lgtbqiA+, e egressas do sistema prisional, profissionais do sexo, migrantes e imigrantes e idosos que não possuem renda ou outros recursos para acesso regular a alimentação adequada e saudável.