Javascript não suportado Retirar a atividade de mineração permitidas em ZPDS

Participe+

Início

Processo de consulta pública

Revisão intermediária do Plano Diretor SP

Voltar

Retirar a atividade de mineração permitidas em ZPDS

Carlos Junior Carlos Junior  •  30/10/2021  •    4 comentários

Código da proposta: 3108

A atividade de mineração não deveria estar incluida dentro das Zonas de Preservação e Desenvolvimento Sustentável (ZPDS), pois são atvidades altamente prejudiciais ao meio ambiente.

A proposta seria modificar o texto final do plano diretor excluindo a atividade de mineração do perímetro de todas as ZPDS

Art. 18. As Zonas de Preservação e Desenvolvimento Sustentável (ZPDS) são porções do território destinadas à conservação da paisagem e à

implantação de atividades econômicas compatíveis com a manutenção e recuperação dos serviços ambientais por elas prestados, em especial os relacionados às cadeias produtivas da agricultura, (da extração mineral ->exluir ) e do turismo, de densidades demográfica e construtiva baixas

A atividade de mineração não é compativel com a manutenção e recuperação dos serviços ambientais. Temos casos no municipio de São Paulo em que áreas extensas foram contaminadas pela atividade de mineração.


Você precisa acessar sua conta ou se registrar para fazer um comentário
  • Emanoel R R da Silva

    É extremamente improcedente e sem embasamento técnico, ser responsabilizada a atividade de mineração como fonte de contaminação, uma vez que, o que realmente ocorre em muitos casos, é que as áreas anteriormente ocupadas pela mineração, são utilizadas para outras finalidades impróprias, causando impactos ambientais e contaminações. Seria interessante se observar alguns exemplos de áreas mineradas para extração de areia no município de São Paulo com recuperação ambiental totalmente compatível ao seu entorno, como a raia olímpica no campus da universidade de São Paulo e o lago do Ibirapuera com Parque Ecológico associado. De forma controversa ao afirmado sobre a causa de contaminação associada à atividade de mineração, verificamos que praticamente todos os mananciais existentes nas áreas urbanas do município de São Paulo e os principais rios Tiête, Pinheiros, Jurubatuba e Tamanduateí que cortam a cidade encontram-se poluídos por atividades industriais, efluentes urbanos e esgotos

    Nenhuma resposta
    • Emanoel R R da Silva

      A atividade de mineração, como toda atividade praticada pelo ser humano e empresas, desde que bem conduzidas, seguindo corretamente as normas técnicas não deve ser considerada incompatível ao meio ambiente, podendo sim ser realizada com sustentabilidade e com resultados em um contexto mais amplo muito mais benéfico do que degradante, pelas condições operacionais de seu desenvolvimento com o devido controle das fontes de poluição dentro de padrões que mantenham a qualidade de vida e o equilíbrio ecológico, com propostas de compensação e, em muitos casos com ganhos ambientais para as comunidades envolvidas, como por exemplo: a logística de distribuição dos produtos minerais essenciais para construção civil, com trânsito de caminhões atravessando a cidade de ponta a ponta e procedentes de longas distâncias, onerando de diversas formas o consumidor em material de consumo de interesse social e de utilidade pública em projetos habitacionais e de infraestrutura e saneamento básico.

      Nenhuma resposta
      • Uriel Camilo Neri Silva

        A atividade de mineração é compatível com a manutenção e recuperação de serviços ambientais desde que conduzida de acordo com normas técnicas que regem o setor, inclusive diversos produtos minerais são aplicados e utilizados em processo de recuperação de áreas degradadas e contaminadas por outras atividades, como é o caso dos fertilizantes, corretivos de solo e adubos naturais. Com relação aos casos de contaminação em áreas de mineração, o que se observa é que tais contaminações foram promovidas por outras atividades e usos dos locais de antigas operações mineiras desativadas.

        Nenhuma resposta
        • Uriel Camilo Neri Silva

          Não concordo, pois a atividade de mineração devidamente regularizada, cumprindo todas as suas obrigações ambientais e com um projeto de engenharia mineral, é submetida previamente aos órgãos competentes e licenciadores que determinam condições operacionais com sustentabilidade e ganhos de interesses sociais, em termos dos produtos minerais oferecidos de uso na construção civil atendendo à demanda de projetos habitacionais, principalmente nas periferias, com uma logística racional dentro do município.
          Além disso, os projetos de mineração atualmente aprovados preveem desde sua implantação até seu encerramento, o devido acompanhamento com monitoramento ambiental obrigatório garantindo a integridade da manutenção das condições ambientais e ecológicas das áreas utilizadas, prevendo no fim da vida útil a recuperação total das mesmas, com implantação de projetos de compensação ambiental e reintegração das áreas ao contexto do entorno.

          Nenhuma resposta
          Voltar para o Início